Setor de turismo paga o preço pelo descaso com a pandemia

Houve uma época, no final do século 19, que muitos navios evitavam parar no Rio de Janeiro por conta da epidemia de febre amarela. O Rio era uma cidade que os turistas temiam visitar.

Com o descaso de governantes no cuidado com a pandemia de COVID-19, o Brasil e o Rio de Janeiro correm o risco de reviver essa situação. Temos uma das taxas de letalidade mais alta do mundo.

Renato Cinco lembrou que setor de turismo será duramente impactado por essa incapacidade de conter a pandemia. “A pior coisa que pode acontecer para o setor do turismo é o resto do mundo ter a percepção de que a pandemia no Brasil ainda está descontrolada,” declarou.

Aqueles que repudiam as medidas de isolamento, preocupados em “salvar a economia” esquecem que as cidades que realizaram um péssimo trabalho de controle da pandemia, como o Rio de Janeiro, vão sofrer ainda mais para reconquistar o interesse de turistas.

Veja íntegra do discurso: