Maconha medicinal e o PL 399/15

Tramita na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 399/15, que regulariza o cultivo de maconha para fins medicinais. O conteúdo da proposta é alvo de disputa política. A indústria farmacêutica e ruralista faz lobby para garantir o controle sobre a cannabis e, do outro lado, cultivadores e associações de pacientes lutam para garantir que todos possam plantar o próprio medicamento em casa.

Para debater sobre esse e outros assuntos da agenda antiproibicionista vamos receber Margarete Brito, representante da Associação de Apoio à Pesquisa e Pacientes de Cannabis medicinal (APEPI). O programa vai ao ar na próxima terça-feira (22), às 19 horas, no nosso Facebook e Youtube.

Link pro face: facebook.com/renatocinco/live
Link pro youtube: youtube.com/renatocinco/live

Margarete é advogada e mãe da Sofia, que tem uma síndrome genética rara que causa convulsões. A partir de sua luta pela saúde da filha e pelo acesso ao óleo de maconha, Margarete tornou-se ativista e hoje lidera a associação que garantiu recentemente o direito na justiça de plantar e produzir o remédio a seus associados.

Na quinta-feira (24), o PL que regulariza o cultivo da maconha medicinal continua em debate. Dessa vez, o papo Pedro Zarur, da Abracannabis. O programa também será exibido às 19 horas no facebook e YT de Renato Cinco.