Em defesa dos Grêmios Livres

No dia 28 de março (sexta-feira), estudantes realizarão uma grande manifestação, com concentração às 13h, na Candelária, em defesa do passe livre irrestrito e da livre organização de grêmios, cada vez mais reprimidos dentro das escolas. O ato – convocado pelo Fórum Estadual em Defesa da Escola Pública (FEDEP) – também celebrará a memória de Edson Luís de Lima Souto, estudante assassinado pela ditadura empresarial-militar nesta data, em 1968.

O mandato do vereador Renato Cinco (PSOL) lançará na ocasião uma “Cartilha do Grêmio Livre” , elaborada em diálogo com a União dos Estudantes de Duque de Caxias (UEDC) e com diversos coletivos estudantis. A Cartilha traz dicas e leis importantes, com o propósito de incentivar a criação de Grêmios Livres. O parlamentar apresentou na Câmara dos Vereadores um Projeto de Lei Municipal do Grêmio Livre, que garante novos direitos para as entidades.

O 28 de março

A morte de Edson Luís – durante a invasão pela Polícia do Exército do restaurante Calabouço, centro de assistência estudantil – causou profunda comoção na sociedade carioca, sendo um dos eventos que desencadearam a famosa passeata dos cem mil, principal mobilização de massas a contestar a ditadura, meses antes da promulgação do Ato Institucional nº 5. No dia do assassinato, todas as salas de cinema e de teatro da cidade foram fechadas em luto e protesto, enquanto os estudantes andavam em cortejo com seu corpo pelas ruas, clamando “ Mataram um estudante: podia ser seu filho!”.

A data da morte de Edson se transformou num dia nacional da luta estudantil, marcado, nas últimas décadas, por importantes manifestações.

Cartilha e projeto de lei em defesa dos Grêmios

Nos últimos anos, o Estado tem aumentado a criminalização dos grêmios dentro das escolas, em especial na rede pública estadual. Para garantir a autonomia  do movimento estudantil secundarista, que fez parte de sua trajetória e é um ator relevante da luta em defesa da Educação Pública, Renato Cinco apresentou um Projeto de Lei que garante às entidades uma série de direitos, como a livre circulação dentro das escolas.

Além disso, o mandato do parlamentar lançará uma cartilha e organizará uma série de debates nos colégios, com o intuito de fortalecer e fomentar a criação de novos grêmios na cidade.