Educação: a luta contra as punições dos grevistas continua

Na semana passada, Renato Cinco (PSOL) organizou, junto com outros vereadores, uma reunião com o objetivo de defender os direitos dos educadores que realizaram a última greve na rede municipal de ensino, tiveram seus salários zerados e sofreram ameaças de exoneração.

Os parlamentares protocolaram a solicitação de uma audiência com o prefeito Eduardo Paes. No dia 15 de julho, finalmente o prefeito os recebeu e se dispôs a agendar uma reunião com a secretária municipal de educação a fim de resolver o impasse da greve de 2014.

A audiência está prevista para acontecer nesta semana. Entretanto, para ter sucesso, a pressão da categoria e da sociedade não pode parar.