A saída da crise é pela esquerda!

Foi uma semana de lutas. Na quarta-feira (15), um ato organizado por diversos movimentos sociais – que também ocorreu em outras cidades do país – mobilizou milhares de pessoas em passeata pelo Centro do Rio contra o PL 4.330/2004, que retira os limites às terceirizações.

A mobilização popular resultou em uma pequena, porém importante, conquista. A votação do PL foi adiada para a próxima semana. A Lei da Terceirização representa um perverso ataque aos direitos dos trabalhadores.

Em discurso no plenário, o vereador Renato Cinco apresentou nove motivos para ser contra este Projeto.

Na quinta-feira (16), o PSOL do Rio de Janeiro promoveu o ato “A saída é pela esquerda”, na Cinelândia, com as seguintes bandeiras:

Contra os aumentos de preços e tarifas e as demissões!
Não ao “ajuste” de Dilma e Levy!
Não ao PL 4330!
Não à redução da maioridade penal! Não ao Estatuto da Família!

Durante o ato, Cinco destacou a necessidade da mobilização popular para conter o avanço da agenda política da direita.

“Precisamos estar nas ruas – junto com os movimentos sociais, os partidos de esquerda e outros agrupamentos políticos – na construção da resistência popular. A crise da ex-esquerda está levando a uma ofensiva da direita, que é conservadora na política econômica e no ataque às liberdades individuais”, destacou.