Audiência Pública debaterá o direito de manifestação no Rio de Janeiro

A Constituição Federal de 1988 Garante OS DIREITOS de greve e de Livre Manifestação Para Todos OS brasileiros. Todavia, o Governo de Eduardo Paes TEM sistematicamente desrespeitado os tais Dispositivos constitucionais.

Os Profissionais de Educação do Município estao tendão SEUS salarios descontados ATÉ HOJE, POR Conta da greve da categoria Passada. O Movimento grevista dos garis foi duramente reprimido, com ameaças de demissão, a proibição dos Líderes de se aproximarem dos CRP de Trabalho ea utilização das Forças Policiais e de seguranças Privados Pará obrigar OS Trabalhadores a furarem a paralisação. Já OS manifestantes Contrarios à Construção do Campo de Golfe Olímpico, that acamparam pacificamente de Durante Vários dias em Frente ao canteiro da obra, were Presos e violentamente agredidos Pela Guarda Municipal. Com o Objetivo de debater o ASSUNTO e PROCURAR Soluções, a Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal promoverá, POR Sugestão do vereador Renato Cinco (PSOL), uma Audiência Pública “O Direito de Manifestação e greve na Cidade do Rio de Janeiro”. Uma Será, realizada Atividade na Próxima terça-feira (28), com a 10h, não Plenário.

A Representantes mesa Será, Composta Por do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (SEPE-RJ), do Movimento “Garis do Rio de Janeiro em Luta”, fazer “Golfe pra quem?” e cabelo advogado João Tancredo (Instituto de Defensores de Direitos Humanos – DDH). Convidados tambem were / como o Prefeito, a Secretaria Municipal de Educação EO Secretário municipal de Ordem Pública.

Participe e AJUDE na Divulgação!

Evento no facebook .

Atenção: Homens Só PODEM ENTRAR na Câmara Municipal de calça.