Sábado tem Marcha da Maconha em Ipanema!

marchaComeçou o Maio Verde e chegou a hora de marchar pela legalização da maconha. Neste sábado (09), vai rolar a 12ª edição da Marcha da Maconha do Rio de Janeiro. A concentração terá início, às 14h, no Jardim de Alah. A passeata pela orla de Ipanema começará às 16h20, rumo ao Arpoador. Confirme presença no facebook.

A Marcha vai contar com alas temáticas, formadas por diferentes atores sociais. Neste ano, teremos as alas: musical, dos cultivadores, feminista, cultura negra, pelo fim da UPP, medicinal, psicodélica, anticapitalista e contra a redução da maioridade penal.

A Marcha da Maconha acontece desde 2002 no Rio de Janeiro e já sofreu com ações de censura pelo judiciário fluminense, que classificou a manifestação como um ato de apologia às drogas. Em 2011, o Supremo Tribunal Federal pacificou a questão, impedindo qualquer proibição da Marcha da Maconha, deixando claro que esta se enquadra na liberdade de expressão e manifestação.

No gabinete da Lapa do vereador Renato Cinco (Rua Joaquim Silva, 130) estão disponíveis camisas, cartazes e panfletos. O espaço fica aberto, de segunda até sexta, de 14h às 22h. Todos os recursos arrecadados com a venda das camisetas serão integralmente repassados para a Marcha da Maconha. Estamos apenas cedendo nosso espaço para ser mais um dos pontos de venda. As camisas também serão vendidas no dia da Marcha.

A bandeira da legalização precisa demonstrar uma forte capacidade de mobilização popular. Temos o parlamento mais conservador das últimas décadas, com o crescimento do número de deputados e senadores ligados a grupos religiosos e militares. Neste cenário, a possibilidade de retrocesso na lei de drogas (até o retorno da pena de prisão para usuários) deve ser encarada como um perigo real.