Redução não é solução

1A Praça XV ficou colorida no último domingo, dia 14 de junho. O festival “Amanhecer contra a redução” levou para o centro do Rio de Janeiro bandas, artistas e ativistas que lutam contra a redução da maioridade penal. O evento, que começou no final da manhã, contou com mais de 80 atrações, entre elas shows gratuitos, como o da cantora Teresa Cristina,  apresentações teatrais e debates.

Cinco ambientes foram montados para o evento. Vinte mil pessoas compareceram e disseram não à redução da maioridade penal.

A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que reduz a maioridade penal para 16 anos já foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Federal. Na última quarta-feira (17), a Comissão Especial da Câmara também aprovou a PEC, por 21 votos a 6. A proposta ainda precisa ser aprovada no plenário. O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), disse que pretende acelerar o processo, colocando a PEC em votação ainda neste mês.

Paralelamente à movimentação legislativa, a imprensa brasileira faz forte pressão para que a redução da maioridade penal seja aprovada. Todos os dias são publicadas matérias de jornais, revistas, TV e rádio noticiando com alarde e sensacionalismo os crimes cometidos por menores de idade.

Em discurso no plenário, o vereador Renato Cinco (PSOL) criticou a manipulação da mídia e elogiou o festival “Amanhecer contra a redução”.

Saiba mais sobre o movimento contra a redução no endereço: www.facebook.com/amanhecercontraareducao