Em defesa da auto-organização das mulheres do PSOL

Feministas de todo o Brasil estarão no Rio de Janeiro, durante o próximo final de semana, para participar do “Seminário em Defesa da Auto-organização de Mulheres do PSOL”. A atividade, organizada por mulheres que integram diversas tendências internas do partido e independentes, representa uma resposta ao Diretório Nacional (DN) da legenda.

Em maio, o DN colocou o Setorial de Mulheres nacional sob intervenção. Tal atitude significa um desrespeito à democracia interna e não contribui para que os espaços auto-organizados, como alguns setoriais, sejam ambientes de acolhimento e formulação política a partir da perspectiva dos oprimidos.

O Seminário se dividirá em dois momentos. A mesa de abertura será realizada na sexta (31), a partir das 18h30, no Sindipetro (Av. Passos, 34), com o debate “A luta feminista em contexto de crise: nenhum direito a menos”. Além de figuras públicas – como Luciana Genro, Renato Cinco, Marcelo Freixo, Chico Alencar e Eliomar Coelho -, movimentos sociais – como o Fórum Estadual de Combate à Violência contra as Mulheres (FEM), o Fórum Estadual de Mulheres Negras do RJ, a Casa da Mulher Trabalhadora (CAMTRA), o Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), o Movimento Mulheres em Luta (MML) e a Transrevolução – estarão presentes.

As mesas e os grupos de discussão acontecerão durante todo o sábado (01), também no Sindipetro. Diferente de sexta, as atividades serão auto-organizadas, contando apenas com a participação de mulheres filiadas ao PSOL.

Mais informações no evento e na página “PSOL Feminista”.