Licença paternidade, sim!

Por compreender que os pais são co-responsáveis pela criação dos filhos e filhas – e não apenas “ajudam” – e que a presença dos mesmos nos primeiros momentos do bebê é fundamental, o vereador Renato Cinco apresentou à Câmara o Projeto de Emenda à Lei Orgânica de nº 21/2014. Tal emenda, caso seja aprovada, ampliará a licença paternidade dos servidores públicos municipais de oito para trinta dias.

A votação deve acontecer a qualquer momento e, justamente por isso, é fundamental demonstrar que o projeto tem o apoio da população. A mobilização em defesa da ampliação da licença paternidade para os servidores municipais do Rio já começou nas redes sociais. Toda ajuda é mais do que bem-vinda.

Confirme presença, convide amigos e compartilhe o evento no facebook. Além disso, estamos confeccionando artes com declarações de apoio. Mande para nós o texto e uma foto através do email renatocinco@renatocinco.com ou por mensagem na página do facebook.

A ampliação da licença paternidade é um primeiro passo para contribuir com a redução da desigualdade de gêneros no cuidados com os filhos. Infelizmente, se aprovado, o aumento do benefício valerá apenas para os servidores municipais, pois é a esfera sobre a qual os vereadores legislam. Os trabalhadores regidos pela CLT apenas podem ter o benefício ampliado a partir de alteração na legislação federal.

Veja algumas declarações de apoio já publicadas: