Centro Acadêmico de Geografia da UFRJ é ameaçado de despejo

No início desta semana, nosso mandato foi procurado por estudantes do curso de geografia da UFRJ, que estão ameaçados de perder a sala onde funciona o Centro Acadêmico do curso.

Foi colado um aviso na porta da entidade, avisando que a sala será fechada para obras e que a mesma não será devolvida.

“A sala pertence ao Centro Acadêmico de Geografia da UFRJ há mais de 30 anos e foi entregue no processo de redemocratização do país, quando os centros acadêmicos da UFRJ puderam ser reabertos, depois do período mais duro da ditadura empresarial-militar. As paredes do Centro Acadêmico de Geografia deveriam, inclusive, ser consideradas um patrimônio da Cidade do Rio de Janeiro. Quem já visitou o espaço sabe que lá, naquelas paredes, estão colados cartazes do movimento estudantil ainda do período da luta contra a ditadura,” explicou Cinco.

Veja a íntegra do discurso:

Cinco também lembrou que recentemente o espaço recebeu o nome de “Centro Acadêmico de Geografia Evaristo de Castro Júnior”, em homenagem ao falecido professor da instituição. “Era uma pessoa queridíssima dos estudantes da UFRJ e tenho certeza de que os estudantes de Geografia não permitirão que o Professor Evaristo seja despejado, junto com o centro acadêmico,” concluiu.