II Congresso Municipal: o lugar do PSOL é nas ruas e nas lutas

5Cerca de 200 pessoas participaram do Congresso do PSOL Carioca no último final de semana, reafirmando o desejo de que o partido siga nas lutas e nas ruas.

Depois de debates sobre diversos temas relacionados à cidade e ao partido, as resoluções aprovadas na plenária final representaram esse sentimento. Foi decidido, por exemplo, que o partido não aceitará doações de pessoas jurídicas e de grandes empresários e que os novos filiados (mesmo parlamentares) só poderão pleitear candidaturas na segunda eleição subsequente ao ingresso na legenda (as exceções deverão ser aprovadas por 2/3 da convenção eleitoral).

A chapa vencedora na disputa pela direção municipal contou com 81 votos de um total de 97 delegados presentes e escolheu o professor Tarcísio Motta como novo presidente do partido. A tese “Nosso lugar é a rua!”, maior componente da chapa vitoriosa, foi defendida por Renato Cinco.

Ao final do evento, com o auditório lotado, ocorreu o lançamento da pré-candidatura do deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL) para prefeitura do Rio. Na ocasião, militantes, ativistas dos movimentos sociais, intelectuais e artistas demonstraram seu apoio a Freixo nas eleições do ano que vem.