Luizinha de Nanã receberá a Medalha Pedro Ernesto

6No próximo sábado (28), o mandato do vereador Renato Cinco vai entregar a Medalha Pedro Ernesto à Heloisa Helena Costa Berto, a Yalorixá Luizinha de Nanã – moradora da comunidade Vila Autódromo. A atividade será realizada durante o II Festival Cultural #OcupaVilaAutódromo.

Luizinha de Nanã também será homenageada com o prêmio Dandara, por iniciativa do deputado estadual Flavio Serafini. O Prêmio Dandara é dedicado a pessoas que empregam esforços na valorização da mulher afrodescendente, latino-americana e caribenha no estado do Rio de Janeiro.

A Yalorixá Luizinha de Nanã é responsável pelo Candomblé na Vila Autódromo. Seu compromisso religioso está atrelado a uma promessa feita por sua mãe biológica, nas margens da Lagoa de Jacarepaguá, e sua trajetória espiritual se liga à casa do Engenho Velho, primeira casa de Candomblé da Bahia, reconhecida como patrimônio público. Homenagear o terreiro dirigido por Luizinha de Nanã é atestar sua importância político-cultural e sua exemplar resistência às remoções.

O templo – construído em terreno escolhido pelo orixá Nanã – é reconhecido internacionalmente, não só por sua ajuda aos mais necessitados, mas também por sua produção de adereços afro-brasileiros e por se constituir em símbolo da luta pela liberdade religiosa e pela permanência da Vila Autódromo.

Evento no facebook

Na última quinta-feira (26), o vereador Renato Cinco comentou sobre as remoções da Vila Autódromo, citando uma recente reportagem da TV Record que abordou a questão e fez a leitura de um manifesto dos moradores.

Veja a íntegra do discurso: