Repúdio ao projeto “escola sem partido”

Na manhã da última quinta-feira (03), a Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal promoveu uma Audiência Pública para debater o Projeto de Lei “Escola Sem Partido”, do vereador Carlos Bolsonaro. Infelizmente, registramos no plenário da Câmara a presença de simpatizantes do nazismo, que apoiavam o Projeto. Um destes estava fantasiado de Adolf Hitler e outros ostentavam emblemas do exército alemão.

Atualmente, o Projeto aguarda o parecer sobre algumas emendas para entrar na pauta de votação. Confira a íntegra do PL.

Durante a sessão plenária, o vereador Renato Cinco declarou que este é um projeto organizado pela extrema direta, com o objetivo de estabelecer mecanismos de perseguição permanente aos profissionais de educação.

“A família Bolsonaro anda de braços dados com o mais nefasto da política mundial. De um lado, estava Comissão de Direitos Humanos, profissionais de educação e estudantes contra o projeto “Escola sem Partido”. Do outro lado, junto com o vereador Carlos Bolsonaro, um bando de fascistas”, declarou Cinco.

Veja a íntegra do discurso: