A comunidade LGBT não vai se calar

Nesta quinta-feira (16), o vereador Renato Cinco falou, em discurso no plenário, sobre o massacre homofóbico em uma boate de Orlando (EUA). Cinco fez a leitura de uma carta da equipe LGBT do mandato.

O ataque não foi um gesto isolado de um indivíduo doente. Foi uma tentativa de intimidar a comunidade LGBT, que está obtendo conquistas em sua luta pelos direitos igualitários (no ano passado, por exemplo, a Suprema Corte estadunidense reconheceu a legalidade do casamento civil entre pessoas do mesmo sexo).

Veja a íntegra do discurso: