Merenda escolar está envenenada com pesticida

2No início desta semana, o jornal “O Globo” publicou a grave denúncia de que alunos dos colégios municipais estão comendo veneno. Uma análise do Greenpeace Brasil mostra que as merendas estão contaminadas com agrotóxicos, como procimidona, metamidofós e outros pesticidas proibidos no país.

Diante da denúncia, o mandato do vereador Renato Cinco (PSOL) vai protocolar um Requerimento de Informações cobrando explicações da prefeitura. O envenenamento atinge principalmente as crianças mais pobres.

A matéria foi publicada na mesma semana em que o “Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional do Município” comemora o “Dia Mundial de Alimentação”.

Os movimentos sociais lutam há décadas pela ampliação e melhoria das áreas de cultivo, para aumentar a comercialização de produtos livres de venenos.

O que se viu nas últimas gestões da prefeitura foi o não reconhecimento das áreas de produção agrícola no “Plano Diretor” e o fim da Secretaria Municipal de Agricultura. Isto tem prejudicado a produção agroecológica.

Produtores familiares urbanos, quilombolas e feirantes agroecológicos e da roça seguem resistindo ao assédio do prefeito. O mandato de Renato Cinco está junto nesta luta!