Avança a legalização da maconha nos EUA

3Apesar da eleição de Donald Trump, nem todas as notícias vindas dos EUA foram negativas. Em nove estados ocorreram, junto com as eleições presidenciais dessa semana, referendos para que a população decidisse sobre a legalização da maconha.

Em apenas um, o Arizona, a proposta foi derrotada. Califórnia, Massachusetts, Maine e Nevada legalizaram o cultivo e o consumo recreativo da cannabis para os maiores de 21 anos – mesma regulamentação utilizada para a bebida alcoólica. Já Flórida, Dakota do Norte, Montana e Arkansas aprovaram apenas o uso medicinal da maconha.

A mudança da legislação permitirá que diversos processos penais sejam revistos e que pessoas presas por porte e uso da cannabis sejam soltas.
Renato Cinco comentou o resultado dos referendos em discurso no plenário. “20% da população dos EUA vivem em locais onde o uso recreativo da maconha é permitido. Essas decisões tomadas por plebiscitos nos Estados Unidos vão, na minha opinião, na direção correta da reforma da política internacional de drogas”, afirmou Cinco.

Veja o discurso na íntegra: