Museu da Cannabis no Uruguai

5No último dia 9, foi inaugurado, em Montevidéu, o primeiro museu dedicado à cannabis na América Latina. O projeto do Centro Cultural surgiu ainda em 2013, logo após aprovação da legislação que legalizou e regulamentou a produção e a venda da maconha no Uruguai.

Com o Museu da Cannabis, o país entra de vez no circuito global dos pólos de turismo canábico, junto com Amsterdã e Barcelona. A proposta é divulgar informações para o bom uso da cannabis, além de expor a história de cultivo e dos diversos usos da planta – do uso recreativo ao medicinal, passando pela confecção de roupas.

O Uruguai, que aprovou em 2013 uma lei que autoriza o cultivo de maconha para consumo próprio em casa e a formação de clubes de cultivadores para plantar de forma cooperativa, é apontado como exemplo no processo de legalização da maconha. Um dos aspectos da lei aprovada e que ainda está em processo de implementação é o modelo inédito de venda de maconha legal produzida por empresas privadas sob controle estatal, através da rede de farmácias já existente no país.