Feira Agroecológica de Campo Grande

Os vereadores do Rio aprovaram em segunda discussão o Projeto de Lei 1539/2015, de autoria de Renato Cinco, que reconhece como de interesse cultural e social para o município do Rio a Feira Agroecológica de Campo Grande.

O Projeto rende uma justa homenagem aos que lutam em defesa da agroecologia, da agricultura urbana, da preservação da água e por uma alimentação de verdade.

“Esse projeto tem uma importância grande porque reconhece a agroecologia como um caminho que devemos seguir. Faz frente ao modelo de desenvolvimento que destruiu o meio ambiente e inviabiliza a vida. A agroecologia deve ser apropriada por todos para enfrentarmos o desastre ambiental e para que tenhamos alimentos de qualidade, que não comprometam a nossa saúde como os produzidos pelo agronegócio”, disse Cinco.

A Feira conta com mercadores de produtos secos com certificação orgânica, culinaristas de alimentação viva, artesãs do Rio da Prata e erveiras. Além disso, realiza diversas atividades culturais.

O Projeto ainda precisa ser sancionado pelo prefeito para virar Lei.

Leia a íntegra do PL