Medo da transparência

Marcelo Crivella vetou o Projeto de Lei Nº 809/2014, de autoria do ex-vereador e atual deputado estadual Eliomar Coelho e reapresentado por Renato Cinco, que exige da prefeitura a discriminação, no contracheque dos professores da rede municipal, dos recursos do FUNDEB utilizados para o pagamento dos salários da categoria.

Para vetar o PL, o prefeito argumentou que não há necessidade de tal medida, já que mantém um portal especializado na divulgação das contas públicas, o “Rio Transparência”.
Em tal sítio, os dados divulgados não são especificados. Além disso, o sistema é confuso e de difícil pesquisa.

O detalhamento dos recursos do FUNDEB nos contracheques é uma medida simples, barata e que garante maior transparência.

O veto será apreciado pelos vereadores e pode ser rejeitado. A votação ainda não tem data para acontecer.