Todo apoio aos que lutam!

O avanço de setores conservadores e reacionários tem sido alarmante nos últimos anos. A eleição do ano passado nos mostrou o quanto o espaço que tem sido ganho por esse discurso se reverte na escolha de representantes que expressem tais posições: o Congresso eleito é o mais conservador desde o período da ditadura militar.

A educação tem sido um alvo prioritário para esses setores e movimentos, como o “Escola sem Partido”.

Na última semana, o deputado estadual Flávio Bolsonaro acionou o Ministério Público do Rio e a Secretaria Estadual de Educação para pedir o afastamento do professor e diretor eleito Pedro Mara, que trabalha no Ciep 210, em Belford Roxo. A acusação é de que o professor faz apologia ao uso de drogas por conta de uma tatuagem.

Renato Cinco comentou sobre a ofensiva desses setores conservadores e reacionários contra a liberdade de expressão no ambiente escolar e declarou apoio ao professor Pedro.

Cinco também manifestou solidariedade aos trabalhadores Marcelo Nascimento Silva, Bruno Luís Santiago Cruz e Rafael de Souza e Mello Coelho da Silva, ex-dirigentes sindicais da Associação dos Trabalhadores em Educação da UNIRIO – ASUNIRIO -, que acabam de ser exonerados do Serviço Público por clara perseguição política contra suas atuações sindicais.

Veja o vídeo aqui: