Entrega da medalha Pedro Ernesto para a Asduerj

Os sucessivos governos do PMDB foram desastrosos para a Universidade Estadual do Rio de Janeiro. As aulas estão suspensas desde dezembro do ano passado devido à falta de recursos para a manutenção dos campus. Os salários de professores e terceirizados estão atrasados. Alguns não recebem os vencimentos desde janeiro.

Neste cenário, a Associação de Docentes da UERJ (Asduerj) vem batalhando incansavelmente em defesa da universidade.

Em justo reconhecimento dessa luta, o mandato de Renato Cinco (PSOL) tem a honra de entregar, no dia 31 de agosto (quinta-feira), a Medalha Pedro Ernesto, a maior honraria da Câmara Municipal, para Asduerj. A homenagem será realizada no auditório 71 do Campus Maracanã, a partir das 18h.

A Associação de Docentes da UERJ foi fundada em 1979, depois de um longo período de ditadura civil, empresarial e militar. A anistia, a legalização de partidos e sindicatos e o abrandamento da censura possibilitaram às universidades brasileiras retomarem aos poucos práticas anteriormente proibidas.

A UERJ é precursora no ensino noturno, no estabelecimento de cotas para alunos oriundos de camadas sociais populares e no desenvolvimento de escolas de formação de professores em cidades periféricas do estado. Isso somente foi possível em consonância com o trabalho sindical realizado pela Asduerj.

Evento no Facebook