Precisamos parar de ignorar as mudanças climáticas

Há poucos dias, o mundo viu Houston, nos EUA, debaixo d’água. Agora, os estadunidenses se preparam para o furacão Irma, que promete rajadas de vento de mais de 360 km/h na Flórida. O Irma deve atingir a costa americana neste domingo (10).

Da tribuna da Câmara do Rio, o vereador Renato Cinco falou sobre a questão ambiental. “Os eventos que estão acontecendo neste ano já demonstram os efeitos das mudanças
climáticas. Neste ano, nós já vimos ondas de calor afetando a Península Ibérica e provocando o maior incêndio da história de Portugal, ao mesmo tempo em que essa onda de calor provocava temperaturas acima de 50 graus nos EUA. Vimos também o aumento da velocidade em que derrete o gelo tanto no Pólo Norte como no Pólo Sul, levando à ruptura de um iceberg que é do tamanho do Distrito Federal. Enchentes atingindo vários locais no planeta de forma inédita. Grandes enchentes na Índia, no Sul da Ásia, grandes alagamentos na África”, declarou.

Veja a íntegra do discurso:

Cinco alertou para a importância de toda a sociedade se engajar na luta em defesa do meio ambiente. Além disso, convocou a população a participar da Marcha do Clima, que acontecerá no dia 12 de novembro, a partir das 10h30, na praia de Copacabana.

Um dos objetivos da Marcha é chamar a atenção para as mudanças climáticas, que já são uma realidade e afetam a vida de milhões de pessoas, especialmente os mais pobres.

“O nosso planeta é marcado pela injustiça socioambiental, pelo racismo ambiental. Quando acontecem os desastres, nem a mídia dá a mesma cobertura quando os pobres são atingidos, ou quando os ricos são atingidos”, afirmou Cinco.