Redução de danos em debate

Nas últimas décadas, assistimos ao fracasso de uma desenfreada guerra às drogas, que provou ser uma verdadeira guerra aos pobres. Apesar da proibição ou da legalização ser uma decisão do Congresso Nacional, os municípios brasileiros também têm sua responsabilidade na política de drogas vigente.

A redução de danos é um exemplo de política de saúde que pode ser aplicada em âmbito municipal. Reduzir os riscos e prejuízos de natureza biológica, social e econômica do uso de drogas é um dos principais desafios.

Por entender a importância desse debate, a Comissão Especial de Assistência às Vítimas da Guerra às Drogas convida a população para debater o PL 150/2017, de autoria do Mandato Ecossocialista e Libertário de Renato Cinco. O Projeto estabelece a redução de danos e riscos como política municipal de saúde.

O debate será realizado na próxima terça-feira (19), às 9h30, no Plenário da Câmara Municipal. Serão debatedores Renato Cinco, Cristiana Brasil (musicoterapeuta do CAPSad III Miriam Makeba) e Carlos Eduardo (vereador pelo SD/RJ). A Secretaria Municipal de Saúde também deve participar.

Confirme presença no evento