Por um Plano Popular para As Vargens

A Prefeitura do Rio tem atuado de forma unilateral quando se trata de adensar a região das Vargens em benefício do mercado imobiliário. A área tem uma história importante relacionada à agricultura ecológica, aos quilombolas do Maciço da Pedra Branca e à luta pelo direito à moradia, que lamentavelmente vem sendo ignorada.

Nesse cenário, a mobilização popular é fundamental. Por isso, a Articulação Plano Popular das Vargens construiu, com uma rede de parcerias, uma alternativa à proposta oficial de Crivella, um Plano Popular para as Vargens.

Para discutir o Plano Popular, acontecerá uma audiência pública no sábado (07), às 14h, na AMAVAG (Estrada do Pacuí, 80 – Vargem Grande). Estarão presentes: Maraci Santos (Quilombo do Camorim), Bernardete Montesano (Rede Carioca de Agricultura Urbana), Mauricio Braga (Movimento União Popular) e Fabricio Leal (IPPUR/UFRJ). A mediação será de Renato Cinco (presidente da Comissão Especial pelo Direito à Água).

Evento no facebook