Pacote de maldades do Crivella

O prefeito Marcelo Crivella quer aprovar uma série de medidas sem qualquer debate com a população. Entre as maldades estão o Código de Obras, que inclui a autorização de apartamentos de 10 metros quadrados, sem separação entre quarto e banheiro; parceria público-privada para iluminação pública; taxação dos aposentados; empréstimos de 100 milhões de reais para a área de turismo, que podem ser utilizados no pagamento de juros da dívida; e o Plano Municipal de Educação, que não foi debatido nas escolas.

O vereador Renato Cinco usou a tribuna da Câmara Municipal para criticar o prefeito. “Se eu fosse prefeito de uma cidade que tivesse projetos bons, que melhoram a qualidade de vida das pessoas, eu mandaria esses projetos para a Câmara desde o início do ano. Chamava a sociedade para debater esses projetos, enviaria para a imprensa. Agora, quando o prefeito, nas duas últimas semanas de atividade legislativa, envia um pacotaço para ser votado sem discussão, o que eu posso esperar? Posso esperar que seja um pacote que o prefeito quer esconder, não quer que se debata e que haja reações a respeito desse pacote”, destacou.

Veja a íntegra do discurso: