Geo Rio defende reabertura da ciclovia

A CPI da Ciclovia Tim Maia entrou numa nova fase. Na 5ª sessão, realizada na terça-feira (08), os membros da Comissão começaram a ouvir os responsáveis técnicos tanto pelo projeto quanto pela execução e fiscalização da obra.

Os primeiros a serem ouvidos foram engenheiros da Geo-Rio, empresa pública ligada à Secretaria de Obras.

A Geo-Rio foi a responsável pela licitação da construção da ciclovia; pela fiscalização da obra e pela validação da mesma, após as duas quedas.

Os representantes da empresa foram os engenheiros Hélio Guedes de Brito, que permaneceu calado durante praticamente toda a sessão, e Herbem Maia, chefe de gabinete.

Herbam se esquivou de responder perguntas básicas. Quando questionado sobre a ausência de um estudo de ondas, limitou-se a dizer:

“Não participei do processo executivo e nem do projeto base. Não posso afirmar quais estudos foram levados em consideração. A norma prevê impacto das ondas nos pilares e não nos tabuleiros”.

Além disso, afirmou que o projeto executivo de construção da via previa a exigência de comprovação de experiência. Entretanto, o Tribunal de Conta do Município dispensou tal exigência.

Ele também deixou claro que somente após o primeiro acidente a via foi avaliada por um órgão independente.

“Depois do acidente, o consórcio responsável pela obra contratou a Casa Grande Engenharia, que fez uma avaliação do projeto, mas foi a posteriori”, declarou.

Herbam disse que a liberação da via somente pode acontecer depois de decisão judicial. Todavia, ele confia na avaliação da Geo-Rio, após os reparos feitos pelo consórcio. Por isso, defende a reabertura da pista.

A Comissão não ficou satisfeita com os esclarecimentos e enviará ofício com as perguntas não respondidas.

Para a próxima sessão, estão confirmados os depoimentos de representantes da Secretaria de Conservação e Meio Ambiente. Além da Seconserma, será convidado o consórcio executor da obra: Concremat e Concrejato.

A próxima reunião está marcada para terça-feira (15), às 13h, na Sala das Comissões da Câmara Municipal. Ela será aberta ao público.

Evento no facebook