Ocupa Petrobrás: vamos barrar o maior leilão da história do Brasil!

Movimentos sociais organizados em torno da campanha O Petróleo Tem que Ser Nosso iniciaram nessa terça-feira (24) uma ocupação em frente à sede da Petrobrás, na Avenida Chile. O Ocupa Petrobras exige a suspensão do leilão do Campo de Libra, o maior leilão de petróleo da história do Brasil e o primeiro sob regime de partilha, marcado para 21 de outubro.

As reservas do campo, localizado na camada do Pré-sal, são estimadas em 15 bilhões de barris, número equivalente a totalidade da  atual reserva do Brasil, conquistada após 60 anos de pesquisa e trabalho da Petrobrás.

Na terça, soldados do Batalha de Choque da Polícia Militar tentaram retirar os ativistas da frente ao Edifício-Sede da estatal. Entretanto, após negociações, os militares recuaram.

Ao longo da semana, o Ocupa Petrobrás ganhou mais barracas e o apoio de novas entidades. É aguardada a chegada de representantes de mais de 80 entidades, de diferentes estados, que subscreveram o manifesto contra o leilão de libra, entregue à presidente Dilma Rousseff.

No dia 3 de outubro, quando a Petrobrás completará 60 anos, haverá um ato-show na Praça XV, contra a entrega das riquezas do subsolo brasileiro. Dentre os que já manifestaram o  apoio a essa campanha estão os músicos Beth Carvalho, Noca da Portela, Marcelo Yuka e o ator Paulo Betti.

Confira o calendário completo da Campanha e participe:

3 de outubro (quinta-feira) – 16h – Praça XV – Ato-Show “Não ao Leilão de Libra!”.

17 de outubro – Marchas nas principais capitais do país contra o leilão de Libra.

21 de outubro – Grande manifestação nacional contra a entrega de Libra na cidade onde for realizado o leilão.