Bolsonaro é muito pior que o PT

O objetivo deste texto é tentar dialogar com as pessoas que votam no Bolsonaro ou nulo em função do antipetismo.

Não quero te convencer de que o PT é bom e que devemos votar no Haddad por suas qualidades. Quero te convencer de que o Bolsonaro é muito pior. Tão pior que vale a pena votar até no PT para impedir sua vitória.

Bolsonaro é de extrema-direita.

Desde sempre, a extrema-direita confronta os valores e princípios estabelecidos pela Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão de 1789 e mais tarde pela Declaração Universal dos Direitos Humanos de 1948.

Em toda a sua história a extrema-direita sempre nega a humanidade aos grupos que se pretende perseguir. E, logicamente, afirmar a superioridade de alguém.

Plebeus, judeus, ciganos, negros, árabes, lgbt’s, deficientes físicos e mentais, comunistas, anarquistas, bandidos. Sempre há seres abjetos a serem varridos, eliminados, exterminados.
E também variam os seres superiores da vez: arianos, patriotas, homens de bem.

Não é de hoje que a burguesia aprendeu a lançar mão da extrema-direita quando a conjuntura exige reprimir violentamente a classe trabalhadora.

Se não for vencido nas urnas, Jair Bolsonaro usará da força para impor o mais brutal ataque aos trabalhadores e trabalhadoras da história do Brasil. Consolidar as reformas trabalhistas do Temer, avançar com mais cortes de direitos, como a reforma da previdência e privatizar o que resta do Estado, incluindo saúde e educação.

Bradam como defensores da moral e dos bons costumes, dizem que vão varrer o mal à bala. Fazem coro contra comunistas, lgbts, maconheiros. Porém, o alvo real é a capacidade de resistência da classe trabalhadora.

Além da violência do Estado, um governo Bolsonaro será um grande incentivo para a violência civil. Ataques de apoiadores dele já estão ocorrendo e tudo indica que aumentarão, nos aproximando da barbárie.

O PT tem muita responsabilidade por termos chegado até aqui. O medo de aplicar mudanças econômicas estruturais na nossa sociedade, a não democartização dos meios de comunicação, o não enfrentamento à lavagem de dinheiro via instituições religiosas, a capitulação ao grande capital representada pela Carta aos Brasileiros e aos métodos sujos na relação com o Congresso, as alianças com fundamentalistas e com os maiores ladrões do país, a desmobilização da classe trabalhadora.

Sim, eu concordo que existem muitas razões para o seu antipetismo. Porém, não podemos entregar o país a um governo de extrema-direita só porque estamos com raiva do PT.
Bolsonaro é muito pior do que o PT.

Bolsonaro, além de dar prosseguimento à corrupção no país, vai governar para os ricos e poderosos de sempre com o compromisso de atacar os direitos dos trabalhadores como nunca. E ainda promete acabar com todo o ativismo social do país. Ou seja, não quer nem ouvir falar em oposição.

É normal no segundo turno escolhermos o menos pior para votar. Neste caso, o pior é tão pior que o menos pior que não podemos ter dúvida: voto Haddad 13, porque quero ter o direito de ser oposição ano que vem.

#EleNão