Março é mês de luta da negritude!

Neste 14 de março, lembramos três lutadores negros, Abdias Nascimento, Carolina de Jesus e Marielle Franco. A data marca o nascimento de Abdias (1914-2011) e Carolina Maria de Jesus (1914-1977) e a brutal execução da companheira vereadora Marielle Franco (1979-2018).

O mês de março também é marcado pela Campanha dos 21 dias de Ativismo Contra o Racismo. A atividade, que integra o calendário do Movimento Negro, surgiu em 2017 a partir da ideia de ampliar a luta contra o racismo para além de datas já consagradas, como o Dia da Consciência Negra, celebrado 20 de novembro.

Por dentro da história

A campanha relembra o Massacre de Sharpeville. Nesta data, no ano de 1960, em Joanesburgo, na África do Sul, 69 pessoas foram mortas e outras 186 ficaram feridas durante uma manifestação pacífica contra a “Lei do Passe”, um documento que detalhava onde pessoas negras poderiam ir. Quem não apresentasse o passe, era sumariamente detido(a). Esse triste episódio fez com que o dia 21 se transformasse numa data bastante simbólica para a luta antirracista: Dia Internacional de Eliminação da Discriminação Racial.

A campanha dos 21 Dias de Ativismo Contra o Racismo propõe a construção de uma série de atividades para refletir sobre a realidade social em que vive a população negra brasileira, além de pressionar por mais políticas públicas.

Confira a agenda dos próximos dias no Rio de Janeiro e participe das ações por uma sociedade livre do racismo:

16 de Março, às 10 horas, no Parque Madureira e na Praça do Trem (Engenhão): Corpos negros como alvos – Uma homenagem à Claudia Silva.

21 de Março, às 16 horas, na Pequena África (Rua Argemiro Bucão): Marcha “21 Dias”.

27 de Março, às 9 horas: Encerramento da Campanha “21 Dias de ativismo contra o racismo”. As atividades do dia 27 (encerramento) acontecerão na Escola Municipal Vereadora Marielle Franco, na Maré; no Sesc, em Madureira e na Praça do Patriarca, também em Madureira.