Resgatando os clássicos: O 18 Brumário de Luís Bonaparte

A atividade de formação “Resgatando os clássicos” do mês de abril será sobre uma importante obra do velho comunista. Em “O 18 de brumário de Luís Bonaparte” Karl Marx faz uma análise sobre o processo que levou da Revolução de 1848 para o golpe de Estado de 1851 na França. No escrito, o filósofo desenvolve o estudo do papel da luta de classes como força motriz da história e aprofunda a teoria do Estado, sobretudo demonstrando que todas as revoluções burguesas apenas aperfeiçoaram a máquina estatal para oprimir a classe trabalhadora.

A obra é um clássico, mas o assunto permanece atual. Afinal, trata das formas bonapartistas de governo da burguesia – que tem como características a retirada de direitos democráticos, a superexploração do povo e o uso de forças repressoras.

Para o debate, contaremos com a participação da socióloga Carmen Castro. A atividade será realizada no Espaço Plínio (Rua da Lapa,107), dia 25 de abril, às 18 horas.

Evento no facebook