27/11: Dia Nacional da Maconha Medicinal

No dia 27 de novembro é celebrado o Dia Nacional da Maconha Medicinal. No Rio de Janeiro, militantes e apoiadores da causa canábica estarão reunidos a partir das 15 horas, no Largo da Carioca.

Com muito atraso, o Brasil avançou no debate sobre as aplicações terapêuticas da maconha. Nossas conquistas ainda são limitadas, já que custo de importação de medicamentos feitos com cannabis é elevado e somente 50 famílias possuem autorização judicial para o cultivo caseiro.

Em manifesto, os organizadores do Dia Nacional da Maconha Medicinal no Rio de Janeiro destacaram a importância do investimento da medicina canábica no Brasil.

“Que as pesquisas clínicas com cannabis possam ser desenvolvidas em nossas universidades e instituições públicas de pesquisa, como a Fiocruz. A cannabis é uma planta extremamente barata e todo mundo poderia cultivar no seu quintal, ainda assim, por causa de uma política preconceituosa, somos importadores de cannabis trazendo de fora um remédio que custa uma fortuna e restringindo o tratamento à classe alta.”

A maconha pode ser usada de forma medicinal no tratamento de doenças como Síndrome Dravet, Câncer, dor crônica, lúpus, autismo, ansiedade, colite, doenças autoimunes, esclerose múltipla, artrite, diabete, depressão, HIV, inflamação crônica, Alzheimer, glaucoma, síndrome do pânico e Parkinson.

Evento no Facebook