vereador Renato Cinco no Twitter vereador Renato Cinco no Facebook

Nossa Copa é na Rua!

Falta pouco para o pontapé inicial do primeiro ato “Nossa Copa é na Rua”, que vai acontecer nesta quinta-feira (12). A concentração terá início às 10h, na Candelária. A passeata começará às 12h, seguindo em direção ao bairro da Lapa. Confirme presença no facebook e chame os amigos.

No dia 30 de outubro de 2007, o Brasil foi escolhido pela FIFA para ser a sede da Copa do Mundo de 2014. Em todas as regiões do país a população festejou e acreditou na promessa do governo de que a realização do torneio seria responsável por trazer um enorme legado, com obras de mobilidade e melhorias na infraestrutura local. Passados 2416 dias, no dia 12 de junho, a Copa vai começar com apenas 40% das obras prometidas entregues. Até o Itaquerão, estádio do primeiro jogo, só terá 100% das obras concluídas após o mundial.
(+)

Debate "Copa pra Quem?"

O mandato do vereador Renato Cinco (PSOL) promoverá, no dia 16 de junho (segunda-feira), o debate "Copa pra Quem? Por uma cidade de direitos". O evento será realizado, às 18h, no plenário da Câmara de Vereadores. Na ocasião, será entregue a medalha Pedro Ernesto (a principal homenagem do parlamento carioca) para o Comitê Popular da Copa e Olimpíadas.

Na atividade - que vai ocorrer durante o mundial de futebol - serão discutidas as promessas de legado não cumpridas pelo poder público e a forma perversa como foi conduzida a política de remoções. A mesa será composta por Renato Cinco, Marcelo Freixo (deputado estadual), Vladimir Safatle (professor da USP), Mandla Hector Mndebele (ativista da África do Sul) e Orlando Júnior (Comitê Popular da Copa e Olimpíadas). Participe!
(+)

Intransigência do governo marca greve da educação

A greve unificada da educação completará um mês na quinta-feira (12), dia da abertura da Copa do Mundo. A greve está sendo marcada pela intransigência dos governos, que não querem negociar.

Na última audiência, ficou estabelecido que o SEPE entregaria à Secretaria de Educação um documento com uma proposta orçamentária, que justificasse as reivindicações do sindicato. Com a intenção de ajudar na formulação de tal texto, o gabinete do vereador Renato Cinco (PSOL) colocou à disposição do SEPE todo material orçamentário em sua posse. O estudo feito pela entidade concluiu que basta a prefeitura usar integralmente os 25% do orçamento com a educação, como exigido por lei, para conceder o reajuste de 20% e implantar o 1/3 de planejamento docente, duas das principais exigências da categoria.
(+)

Debate lota salão nobre do IFCS

O salão nobre do IFCS ficou lotado para o debate "Junho de 2014: ainda sonhamos perigosamente?", realizado na noite da última terça-feira (11). A mesa - mediada pelo vereador Renato Cinco (PSOL) - contou a presença de Vladimir Safatle (professor de filosofia da USP), Flavio Serafini (sociólogo da Fiocruz) e Francisco Bosco (colunista do jornal O Globo).

A discussão foi de alto nível, animando os presentes. Os componentes da mesa assinalaram que, após as jornadas de junho de 2013, nada voltou a ser como era antes. "Na política não podemos esperar por décadas para fazer as reflexões necessárias sobre a conjuntura. Precisamos refletir sobre o significado das manifestações do ano passado. O 20 de junho foi a maior ato político da história do Brasil", destacou Cinco.
(+)

Governo de São Paulo faz terrorismo jurídico com metroviários

Na última segunda-feira (09), os metroviários paulistanos decidiram voltar às atividades depois que a Justiça do Trabalho declarou ilegal a greve da categoria e estipulou multas diárias que, se somadas, ultrapassam R$ 3 milhões. O TRT determinou ainda o bloqueio de 400 mil reais do Sindicado dos Engenheiros, valor referente a quatro dias de protesto.

Para completar a operação de asfixia à greve, o governador de São Paulo, Geraldo Alckimin, (PSDB) demitiu 42 metroviários. A categoria ameaça parar as atividades mais uma vez caso as demissões não sejam anuladas. Em discurso no plenário, o vereador Renato Cinco (PSOL) criticou a criminalização da greve e dos movimento socias. Além disso, o parlamentar divulgou, nas redes sociais, fotos suas com mensagens em apoio à luta dos metroviários.
(+)

Convenção Estadual do PSOL

Na próxima sexta-feira (13), às 14h, no Salão Nobre da Câmara de Vereadores, acontecerá a Convenção Estadual do PSOL-RJ. Nela, será oficializada a chapa do partido para as próximas eleições. Serão apresentados os nomes dos pré-candidatos ao governo, o professor Tarcísio Motta, e ao Senado, o diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da UFF (SINTUFF) Pedro Rosa. Serão apresentadas, também, as pré-candidaturas para deputados estaduais e federais pelo Rio. O Diretório Estadual divulgou a carta “Compromisso público dos pré-candidatos do PSOL”, um decálogo que serve de antídoto contra a crescente perda das fronteiras éticas e ideológicas na vida política. (+)

O que rolou?

- Copa em debate: o jornal Folha de São Paulo publicou o artigo "Não teve Copa", de Vladimir Safatle (professor de filosofia da USP), questionando o legado do torneio de futebol e a campanha do governo e da mídia grande em defesa do evento. (+)

Entre Nessa!

- PSOL na rua: parlamentares do partido prestam contas de seus mandatos na próxima sexta-feira (13), às 12h30, na Cinelândia.

- Programa em movimento: no próximo sábado (13), acontecerá, a partir das 13h, o I Encontro para a construção do programa de governo do PSOL na Zona Oeste. A atividade será realizada na Rua Antônio Baptista Bittencourt, 190, e contará com as presenças de Tarcísio Motta (pré-candidato do PSOL ao governo estadual) e de Renato Cinco..

- Samba na Copa: neste sábado (14), acontecerá mais uma edição do "Samba Brilha". O evento será realizado, a partir das 15h, no Bar da Nêgah (Rua Álvaro Alvim, 33, Cinelândia). (+)

- Festa Maracangalha: no sábado (14), acontecerá, a partir das 23h, mais uma edição da Festa Maracangalha. O evento será realizado no Centro Cultural Cordão da Bola Preta. (+)

Mandato do Vereador Renato Cinco, Rio de Janeiro, PSOL.
Câmara Municipal, Pça Floriano, s/n, Cinelândia. Gabinete 504 - Anexo.
Telefone: 3814 2026.