vereador Renato Cinco no Twitter vereador Renato Cinco no Facebook

Liberdade para os cultivadores de maconha!

O ano de 2015 começou com um perverso endurecimento da repressão ao cultivo caseiro de maconha. Só no estado do Rio de Janeiro, foram quatro casos de cultivadores que foram parar na delegacia por um "crime" sem vítimas. Dois foram indiciados por tráfico de drogas e ainda estão presos.

No início de fevereiro, o ativista Flávio Dilan, o Cabelo, foi preso por plantar 39 pés maconha em casa, em Petrópolis (RJ). No dia 22, o músico Mc Cert, da ConeCrewDiretoria, foi preso por cultivar quatro pés de maconha em Miguel Pereira, no interior do estado. Em discurso no plenário da Câmara, o vereador Renato Cinco criticou a prisão dos cultivadores. (+)

A Maré vive e resiste!

No início de 2014, a ocupação militar do Complexo da Maré já custava 1,7 milhão de reais por dia. Mas o que toda essa mobilização e recursos trouxeram de melhoria para a qualidade de vida da comunidade e de seus moradores?

Hoje, os moradores relatam que continuam vivendo um cotidiano de medo e de violação de direitos. Somente no último mês de fevereiro, são diversos casos de violência e abuso das forças de segurança na Maré. Na última segunda (23), uma manifestação foi duramente reprimida pela Polícia Militar. O mandato do vereador Renato Cinco (PSOL-RJ) acompanhou o protesto. Além disso, Cinco fez um discurso, na tribuna da Câmara, repudiando a violência policial. (+)

Alunos e professores sofrem com o calor nas escolas municipais

Alunos fervem suas mentes nas escolas da rede municipal e não é de conhecimento. O calor insuportável marca o retorno das aulas, após três anos de aprovação da lei da climatização na Câmara dos Vereadores e das últimas greves, que pautaram com prioridade as condições de trabalho. Profissionais e alunos sofrem com a sensação térmica de mais de 40°.

A lei exige que todas as salas sejam climatizadas, mas apenas 1⁄4 das unidades escolares tiveram o ar­condicionado instalado em todas as salas. Em discurso no plenário, Renato Cinco criticou os descontos que os educadores ainda estão sofrendo por conta da greve passada, a limitada e precária climatização da rede municipal e o corte de verbas das escolas estaduais e das universidades federais, que estão levando tais instituições a adiar o início do ano letivo. (+)

Trabalhadores do Comperj continuam em greve

Revoltados com as demissões em massa e o constante atraso nos pagamentos e indenizações, trabalhadores do Complexo Petroquímico de Itaboraí entraram em greve. Na semana passada, cerca de 400 operários realizaram uma manifestação em frente à sede da Petrobrás.

Além do atraso nos pagamentos, os operários denunciam que vivem em instalações insalubres e que não recebem alimentação. Anunciado como o grande empreendimento na Região Metropolitana do Rio, o Complexo Petroquímico de Itaboraí teve o valor inicial das obras de construção dobrado e hoje custa 13 bilhões de reais aos cofres públicos. O empreendimento começou em 2006 e ainda não foi concluído. (+)

Quem é o pai do Campo de Golfe Olímpico?

A polêmica construção do campo de Golfe Olímpico ganhou uma disputa inusitada nesta semana. O prefeito Eduardo Paes e o Comitê Olímpico Internacional (COI) estão fugindo do título de "pai" da construção do campo.

Paes alegou que "odiou ter feito o Campo de Golfe". O presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, rebateu dizendo que "o prefeito pressionou muito pela construção desse campo". Em discurso no plenário da Câmara, Renato Cinco lembrou dos interesses do mercado imobiliário na área. No final de 2014, nosso mandato apresentou um pedido de CPI para investigar a construção. (+)

Entre Nessa!

- Formação política: no próximo sábado (28), acontecerá o “I Seminário de Formação Política” do Núcleo Anticapitalista 1° de Maio do PSOL da Grande Tijuca. Em pauta: capitalismo, concepção de socialismo e programa revolucionário (ponto apresentado por Renato Cinco). O evento será realizado, das 9 às 18h, na Casa de Cultura Dias da Cruz (Rua Itabaiana, 21, Grajaú). (+)

- Marcha da Maconha: no sábado (28), será realizada a primeira reunião de organização da Marcha da Maconha do Rio de Janeiro. O encontro ocorrerá no DCE da UFRJ (campus Praia Vermelha), às 16h20. (+)

- Feira do Bonde: nno domingo (01), dia de aniversário da cidade do Rio de Janeiro, acontecerá a "Feira do Bonde - POR OUTROS 450 ANOS!". A atividade será realizada, a partir das 14h, na Praça Tiradentes. (+)

- Legalização do aborto em debate: o Setorial de Mulheres do PSOL-RJ organizará o curso "A Luta pela Legalização do Aborto no Brasil", no dia 03 de março (terça-feira), às 18h30, na sede do partido. Inscrições em: cursodopsolcarioca.wordpress.com/

Mandato do Vereador Renato Cinco, Rio de Janeiro, PSOL.
Câmara Municipal, Pça Floriano, s/n, Cinelândia. Gabinete 504 - Anexo.
Telefone: 3814 2026.